Não fazer nada em saneamento deixa de ser opção

Projeto de lei contém pilares de mudanças essenciais que visam endereçar problemas estruturais do setor.

As oportunidades no setor de saneamento no Brasil são enormes. Novos projetos de alto impacto foram recentemente lançados, e há um robusto pipeline [carteira de projetos] sendo estruturado… (continua)

Leia a íntegra em: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2020/06/a-hora-do-saneamento.shtml?cmpid=assmob&origin=folha

Por: Frederico Bopp Dieterich e Bruna Bouissou, sócios da área de Infraestrutura e Direito Público do Azevedo Sette Advogados